Tudo Sobre os Diamantes

O que são os Diamantes: Veja a História, Os Tipos de Lapidação e a Pureza dos Diamantes nas Joalherias

Confira tudo sobre os Diamantes, a pedra preciosa que está no imaginário de todos nós por muitos anos. Neste artigo, detalhamos exatamente o que são os Diamantes, sua História desde os tempos mais remotos, os tipos de Lapidação, a Pureza, a Cor e o que são os Quilates dos Diamantes.

Este é um conteúdo incrível, repleto de detalhes para que você não tenha dúvidas. Confira!

O que são os Diamantes?

Os diamantes são pedras preciosas, minerais – gemas cristalinas e naturais feitas de um único elemento: o Carbono. Dessa forma, o minério diamante é o elemento com maior dureza na Escala de Mohs, possui dureza 10. Portanto, isso significa que o diamante só pode ser riscado por outro diamante. Vamos nos aprofundar nesses detalhes mais para frente.

São gemas tão espetaculares que estão no imaginário das pessoas.

Desde os tempos mais remotos, os diamantes se destacaram, simbolizando luxo e poder.

A beleza e o brilho dos diamantes são características inconfundíveis.

Mas, não é somente a beleza, o brilho ou seu valor que tornam os diamantes tão especiais.

A maioria dos diamantes tem milhares de anos.

Vídeo Completo Sobre O que São os Diamantes

Qual é a origem dos Diamantes?

É o elemento mais antigo que uma pessoa pode possuir.

No entanto, o nome diamante é derivado do grego Adámas que significa inconquistável ou indomável.

Dessa forma, é o mais duro material de ocorrência natural que se conhece.

Ele tem o valor máximo de dureza de 10 pontos na Escala de Mohs. Portanto, isso significa que não pode ser riscado por nenhum outro mineral, exceto pelo próprio diamante.

O que é a Escala de Mohs?

A Escala de Mohs quantifica a dureza dos metais e dos minerais. Além disso, ela define a resistência que um determinado mineral tem ao ser riscado ou arranhado.

Essa escala vai do 1 ao 10, onde o valor 1 é o metal ou mineral mais frágil, portanto, menos resistente ao ser riscado.

O que é a Escala de Mohs
O que é a Escala de Mohs

Como por exemplo o Mineral Calcita.

A Calcita é um mineral de baixa dureza com valor 3 na Escala de Mohs. Significa que ele pode ser facilmente riscado com a unha.

Veja na imagem abaixo, essa é uma pedra bruta de Calcita. Observe que passando a unha ela já fica arranhada.

Calcita: Mineral com Dureza 3 na Escala de Mohs
Calcita: Mineral com Dureza 3 na Escala de Mohs

Os minerais com maior dureza, são mais difíceis de serem riscados.

Como por exemplo o Quartzo, ele é o segundo mineral mais abundante do Planeta. Ele possui dureza 7 na Escala de Mohs. O Quartzo é capaz de riscar o vidro.

Observe abaixo, esse é um cristal de Quartzo. Passando a ponta dele em um vidro, podemos observar que o vidro fica todo riscado.

Quartzo: Mineral com Dureza 7 na Escala de Mohs
Quartzo: Mineral com Dureza 7 na Escala de Mohs

Mesmo riscando o vidro com o Quarto, nada acontece com ele!

E nessa tabela, temos o diamante como o mineral mais resistente, com dureza 10 na Escala de Mohs, ou seja, o diamante só pode ser riscado por outro diamante.

Legal né?

Portanto, essa característica fez com que o diamante não fosse talhado durante muitos anos.

E é por isso que o diamante é lapidado de forma 8 por 8 (com 8 faces), 16 por 16 (com 16 faces) ou 48 por 48 (com 48 faces).

Sobretudo, a lapidação do diamante é com superfícies curvas, arredondadas, incolores ou coradas.

Qual é a composição do Diamante?


O diamante é o único minério, ou a única pedra preciosa, composta de um único elemento: o carbono.

Diamante é Formado por Carbono
Diamante é Formado por Carbono

Qual é a Cor dos Diamante?

Sua cor principal é o incolor, mas também pode ser encontrado em outras cores como no amarelo, castanho, verde, azul, avermelhado ou negro. Mas, nessas colorações são muito raros.

No entanto, os que possuem tom negro são muito apreciados e figuram entre as mais belas gemas do mundo.

O tom escuro, mas com brilho intenso, transmite a sensação de glamour e poder.

História do Diamante nas Religiões

Os diamantes conquistaram o desejo e admiração do homem desde que foram descobertos há cerca de 3 mil anos.

No budismo típico do Tibet, essa pedra está conectada com o sol e simboliza o próprio poder divino.

Na Índia, textos religiosos do século 4 antes de Cristo, já descreviam a beleza das gêmeas como a essência da Pureza.

Na Grécia antiga, os diamantes simbolizavam as lágrimas dos Deuses como pedaços de estrelas caídas do céu.

Os Romanos acreditavam que eram partículas luminosas de estrelas cadentes.

Qual Lugar tem Mais Diamantes Atualmente?

Atualmente, geólogos Russos descobriram que uma das maiores reservas de diamantes do planeta foi formada a partir do impacto de um asteroide e encontraram diamantes em meteoritos.

A princípio um dos primeiros países onde os diamantes foram descobertos foi a Índia, e até o século 17 quase todos os diamantes comercializados no mundo tinham como origem a mina de Golconda.

Quando as pedras já rareavam na Índia, foram descobertos diamantes em Minas Gerais e, até 1840 o Brasil foi o maior produtor do mundo.

No entanto, atualmente os diamantes são extraídos em sua maioria na Rússia, África do Sul e Austrália.

Mapa das Maiores Minas de Diamantes no Mundo
Mapa das Maiores Minas de Diamantes no Mundo

O Poder dos Diamantes

Dentre todas as pedras preciosas, o diamante sem dúvida é o rei. Símbolo de poder único.

Contudo, com esse simbolismo o diamante foi adotado por reis e rainhas de toda a Europa, utilizando o diamante nos Cetros e nas Coroas.

No Oriente, os diamantes eram talhados nos Turbantes dos Príncipes e Imperadores.

Os diamantes, ainda são uma forma de demonstrar soberania e poder.

Durante a idade média acreditava-se que um diamante podia reatar um casamento desfeito.

Era usado em batalhas como símbolo de coragem.

O fascínio dos europeus pelos diamantes iniciou quando o Rei da França, Luís Nono proibiu as mulheres de usarem as pedras reservadas ao soberano.

No século 15, a insinuante Agnès Sorel, amante do Rei Charles Sétimo, foi a primeira mulher a desafiar esta lei, e toda a corte francesa à imitou.

Qual é a Origem do Anel de Noivado com Diamante?

Conta a história, que a tradição do anel de noivado começou quando o Arquiduque Maximiliano da Áustria, pediu a mão de Mary de Burgundy em 1477, presenteando-a com um anel de ouro com um único diamante. Isso para provar que seu amor era puro, único e eterno.

Origem da Tradição do Anel de Noivado
Origem da Tradição do Anel de Noivado

Desde então, os anéis solitários se tornaram o maior símbolo da força e da eternidade do amor para os apaixonados no mundo inteiro.

Assim, o diamante é conhecido como símbolo do amor eterno entre as pessoas apaixonadas e também para o amor entre os filhos e as mães.

A prática tem demonstrado que o amor eterno, é o amor da mãe que existe por toda uma vida.

Por isso a preferência em presentear joias com brilhantes também para as mães.

Como os Diamantes São Avaliados?

Os diamantes são avaliados pela sua cor, pureza, lapidação e quilates.

Ou em inglês os “Four Cs”, que significam Cut que a Lapidação, Colour que a Cor, Carat o Quilate e Clarity que é a Pureza do Diamante.

Vamos repassar esses quatro elementos de avaliação dos diamantes, veja:

Como os Diamantes São Avaliados
Como os Diamantes São Avaliados

O que é a Lapidação dos Diamantes?

A lapidação se refere à forma como as facetas do diamante interagem com a luz. Dessa forma, ela é determinada por simetria, proporção e polimento. Mais do que qualquer outro fator, a lapidação determina a beleza da pedra. Os diamantes, desde os menores até os maiores, são lapidados de acordo com padrões rigorosos da indústria de joias.

No entanto, são diversos os tipos de lapidação, as principais são Quadrada ou Princess, Navete, Gota, Oval, Baguete, Coração, Trapézio, Esmeralda e Brilhante que é utilizada em cerca de 70% dos diamantes

O que é a Cor dos Diamantes?

A cor refere-se ao tom natural inerente aos diamantes incolores. Na natureza, a maioria dos diamantes incolores tem tonalidade amarela. Portanto, quanto menos cor o diamante tiver, mais raro ele será. O padrão da indústria de joias para classificar a cor, é avaliar cada pedra ao lado de um conjunto de “pedras mestras” com iluminação específica e designar uma classificação entre os diamantes incolor e amarelo-claro.

O que é o Quilate dos Diamantes?

Quilate refere-se ao peso do diamante, não ao tamanho. Contudo, em geral os diamantes são medidos a 1/1000º de um quilate; um quilate equivale a 0,20 gramas. Os diamantes são lapidados para maximizar sua beleza, não seu peso em quilates.

O que é a Pureza dos Diamantes?

A pureza do diamante é uma medida de características naturais e da raridade da pedra, classificada pela visibilidade dessas características com uma ampliação de dez vezes. No entanto, uma pedra é avaliada como pura se, sob uma ampliação de dez vezes, nenhuma inclusão (impureza interna) e nenhuma mancha (impureza externa) forem visíveis. Mas, existem alguns graus que definem a pureza dos diamantes. Os diamantes com grau FL são considerados com maior clareza e sem inclusões, mas são muito raros.

Pureza dos Diamantes
Pureza dos Diamantes

Na alta joalheria, os diamantes são escolhidos até o grau SI2, o que significa que suas inclusões não são realmente visíveis a olho nu, mas apenas sob ampliação de dez vezes.

Na joalheria comercial, como é o caso aqui da Casa das Alianças, os diamantes são escolhidos a partir do grau SL1, que possuem inclusões de forma fácil de serem identificadas sob ampliação de dez vezes.

Diamantes: A Pedra Preciosa Favorita Entre as Mulheres

Na história da joalheria, os diamantes sempre foram os favoritos para a composição de belíssimas peças, sempre na moda e presentes em joias para as mulheres de bom gosto.

Acompanhado de outras pedras preciosas, formam combinações elegantes e coloridas.

O seu brilho intenso fez com que essa gema ganhasse muitos admiradores, apaixonados por sua beleza e perfeição.

O diamante é o melhor amigo de uma mulher, frase imortalizada por Marilyn Monroe no filme “Os Homens Preferem as Loiras”, resume bem o fascínio que os diamantes exercem sobre as mulheres.

"O diamante é o melhor amigo de uma mulher", frase imortalizada por Marilyn Monroe
“O diamante é o melhor amigo de uma mulher”, frase imortalizada por Marilyn Monroe

Graças a este Fascínio que essa gema tão preciosa está presente nas joias que as divas modernas desfilam por Hollywood e nas luxuosas coleções das grifes mais famosas do mundo.

Grandes ou pequenos, simples ou luxuosos.

Portanto, a pureza, a raridade e o esplendor excepcional dos diamantes fazem dele a pedra mais preciosa do mundo.

Símbolo absoluto do amor eterno.

3 Comments

  1. […] zircônia se assemelha bastante ao diamante, sendo difícil diferenciá-los para quem não tem um olho bem treinado e não é um expert no […]

  2. […] diamante, por exemplo, enaltece o brilho que fulgura em uma joia de ouro branco, já as gemas coloridas e […]

  3. […] grande maioria das pessoas ama joias que combinam ouro branco e diamantes, não é […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *