joias infantis

Joias Infantis: Qual Idade Usar?

Escolher joias infantis não é, com toda a certeza, igual escolher peças para adultos. É necessário tomar uma série de cuidados, tanto na escolha do material quanto no formato para garantir que nada, de fato, aconteça.

As joias para crianças é uma ótima ideia de presente, principalmente quando elas forem ficando mais velhas para entenderem realmente o que esses acessórios significam.

E mesmo ainda hoje enquanto a maioria espera ganhar um brinquedo, as meninas já estão muito vaidosas desde cedo, então não deixa de ser um bom presente de aniversário ou outra data comemorativa.

Neste artigo você vai aprender a escolher a melhor joia infantil para seu pequeno.

Quais são os melhores materiais de joias infantis

Primeiro, é importante ressaltar que quando falamos de joias infantis estamos mais pensando nas meninas, mas, claro, os meninos também podem receber joias masculinas, porém são opções um pouco mais limitadas.

A primeira coisa que devemos discutir a respeito da escolha da joia é em relação ao material. Peças de latão ou semelhantes não devem ser dadas para as crianças.

QUE TAL 5% DE DESCONTO? Cadastre-se e receba o cupom no seu e-mail!

O motivo é bem simples: os pequenos possuem uma pele bem delicada e se o material for reagente é possível causar uma alergia na criança.

Sendo assim, se não há condições de adquirir uma peça de material mais fino, uma opção são os aços cirúrgicos inoxidáveis, principalmente para furar a orelha dos bebês.

Mas, enfim, quais são os melhores materiais para joias infantis? Há algumas ótimas opções no mercado joalheiro, como:

  • Ouro Branco
  • Material Ouro Amarelo
  • Ouro Rose
  • Prata 925

Todos esses materiais são metais nobres, leves e não causam nenhum tipo de reação na pele das crianças. É importante ressaltar que a escolha do ouro, 18quilates (k), é a melhor opção.

O que é o ouro 18k?

Talvez você esteja se perguntando o que efetivamente é o ouro de 18 k, algo reconhecido mundialmente como uma liga extremamente fina.

Muitos de nós sabemos que é o melhor ouro das joias, mas qual é o motivo disso? Entenda agora mesmo.

Você acha que uma peça de ouro, a mais fina joia que seja, é feita somente com ouro? Se a sua resposta for “sim”, então você está bem enganado. O ouro é um material extremamente maleável e, sozinho, não aguenta pressão.

Ou seja, se você tentar criar uma peça somente com o elemento ouro ela não irá se sustentar. Não será possível usá-la, pois no menor toque ela irá se deformar.

Para resolver esse problema – mas para manter as características positivas do ouro nesse sentido, como brilho, durabilidade e baixo poder reativo – há a opção de acrescentar à liga metais secundários.

Sendo assim, uma peça de ouro não possui somente este elemento, mas alguns outros metais para promover maior resistência. E são justamente esses metais secundários que são os responsáveis pela tonalidade do ouro.

O ouro branco, por exemplo, é feito com prata, níquel ou paládio. Já o ouro amarelo tem mais cobre, enquanto o ouro rose mistura cobre e prata, trazendo mais equilíbrio para cor.

Então, dentre as opções de joias infantis, as feitas com ouro 18 k são aquelas que contêm maior porcentagem de ouro de maneira que tenha resistência adequada.

Dentre as opções de amarelo, rose ou branco, a escolha fica mais à critério da estética do que alguma propriedade mecânica.

O que você deve ficar atento!

Sabendo quais são os melhores materiais para comprar joias infantis, agora está no momento de seguir para as próximas dicas. Você precisa tomar muito cuidado na hora de escolher a peça para garantir a segurança dos pequenos.

Pode parecer exagero, mas crianças podem se machucar por pouca coisa, então é sempre melhor prevenir. Veja no que você precisa se atentar:

Formato de Joias Infantis

Já notou que o formato das joias de criança normalmente é bem arredondado? Isso é super proposital, pois é um modelo que dificilmente irá machucar a criança.

Peças que são pontudas ou cheias de curvas podem ser gatilhos para algum acidente, principalmente porque a pele dos bebês é tão fininha.

Então, na hora de escolher, dê preferência para joias feitas com bolinhas, por exemplo. Além de ser um charme e muito delicado, é o tipo de joia mais inofensiva para os pequenos.

Tamanho de Joias Infantis

Escolha bem o tamanho para que a joia não fique muito grande (a criança pode perder) e nem muito pequena (pode apertar os dedos, pescoço ou punho e causar incômodo nas crianças).

Meça direitinho e confira as medidas antes de adquirir, é uma forma de garantir o conforto da criança (e, claro, evita o retrabalho de precisar trocar a peça por pedir o tamanho errado).

Atenção ao fecho de Joias Infantis

O fecho é algo que deve-se analisar. Deve ser bem seguro para que a criança não perca a joia e que também não se machuque.

Essas foram algumas dicas para escolher as joias das crianças de forma adequada e segura.

Pense em joias atemporais

As joias infantis são delicadas, podendo ser um modelo para usar quando for mais velha, então não deixe de pensar sobre isso!

Um dos propósitos das joias – e o que justifica o seu valor alto quando comparado aos outros acessórios, é que não é algo que estraga se bem cuidado.

Sendo assim, se uma criança receber um brinco de ouro aos 5 anos de idade, quando ela tiver 25, 50 ou até mesmo 80 anos, os brincos estarão intactos.

As joias, qualquer que sejam elas, são um grande investimento (e podem, inclusive, valorizar ao passar do tempo).

E, de fato, algumas opções ficam difíceis de serem reutilizadas com o passar do tempo, como as pulseiras. Os pulsos acabam crescendo e a pulseira não passará a servir mais.

Os brincos podem ser usados por anos e anos. Os anéis também, eles podem virar um lindo anel de falange, por exemplo.

Até mesmo os colares. A depender do tamanho é possível transformá-los em pulseiras ou tornozeleira. É realmente um grande investimento, então não deixe de pensar que todas as peças poderão ser usadas por anos e anos.

Ao optar por alguns dos modelos clássicos e delicados de joias infantis, elas se tornam joias atemporais e ideias para todas as idades. Não há quem diga que um brinco de pérolas, por exemplo, é usado apenas por crianças.

E até mesmo os modelos mais infantis poderão ser usados de acordo com a tendência. Em 2021 ~ 2022, por exemplo, os acessórios de criança estão MUITO em alta, mas isso você irá conferir daqui alguns tópicos.

Quais são as melhores joias infantis

Sendo mais específico e categorizando as joias infantis, é possível dividir em 3 idades: dos 0 aos 2 anos, dos 2 aos 5 anos e dos 5 até os 9 anos. Veja algumas dicas para comprar as peças:

Joias infantis de 0 até 2 anos

Aqui o pequeno ainda é um bebê e normalmente apenas as meninas que tem a orelha furada. Nos últimos anos alguns pais estão optando por não furar a orelha dos filhos, deixando isso a gosto deles no futuro.

Aqui as opções de joias são bem limitadas, pois o bebê pode facilmente se machucar com algo.

Os brinquinhos para bebês são os mais recomendados, principalmente os arredondados. Normalmente é apenas uma peça de ouro bem pequena ou um brinco com uma pérola.

Ambos os formatos não machucam o bebê e mantém confortável. Alguns pais até compram pulseiras, mas elas podem irritar um pouco o pulso dos bebês nesse momento, porque eles têm dobrinhas na região.

Brinco Infantil
Brinco Infantil

Joias infantis de 2 até 5 anos

A partir dos 2 anos de idade a criança já cria um pouco de senso de cuidado e as coisas não são tão involuntárias assim. Sendo assim, você pode optar por joias infantis diferentes.

As pulseiras são uma boa opção nessa idade, mas ainda tome um pouco de cuidado com anéis e colares. Espere a criança crescer um pouco mais (perto dos 4 ou 5 anos) para começar com essas peças.

Uma ideia é optar pelas pulseiras com pedrinhas e ouro. É possível encontrar pedras preciosas lapidadas de forma arredondada, o que não irá machucar a criança. Ametista, por exemplo, é uma boa ideia (além de ser uma opção mística!).

Crianças gostam de peças mais coloridas, então elas provavelmente irão gostar bastante dessa ideia.

Pulseira Infantil
Pulseira Infantil

Joias infantis de 5 até 9 anos  

Nessa idade a escolha já é mais livre, mas, claro, ainda é necessário tomar cuidado. Nada de brincos grandes ou pesados, bem como joias pontudas.

Colares e anéis podem começar a ser utilizados, pois dificilmente a criança sofrerá algum tipo de acidente nessa idade por conta de algum acessório.

As opções de pingente é uma boa ideia nesse momento, pois os pais podem escolher várias coisas divertidas para os filhos (como personagens dos desenhos que mais gostam e assim por diante).

Pingente Infantil
Pingente Infantil

Joias infantis estão em alta

Lembra-se que em um dos capítulos anteriores foi falado que as joias infantis estão muito em alta? Pois é! Nos últimos anos grandes personalidades começaram a trazer uma referência bem infantil para os seus looks.

Anéis, pulseiras, brincos, tiaras, colares e diversos outros acessórios estão puxando para uma tendência bem colorida e divertida. Joias que poderiam ser facilmente usadas em crianças, hoje, estão sendo usadas por modelos!

É realmente uma tendência bem bacana e muitas mulheres estão se tornando adeptas, pois promove um ar bem jovial, divertido e leve para as composições.

E não necessariamente precisa ser uma joia. Como a pele dos adultos não é tão sensível, as próprias bijus são peças bem utilizadas hoje em dia. As famosas miçangas voltaram com tudo, principalmente no litoral do país.

Folheados podem ser uma boa opção?

Já falamos um pouco sobre a escolha do material para as joias infantis, mas e os folheados? Será que eles são uma boa alternativa para as crianças?

Recomenda-se que os primeiros brincos sejam de ouro ou material cirúrgico para não causar nenhum tipo de reação, mas bons folheados podem não causar nenhum tipo de irritação na pele também.

Claro, é importante que a peça seja folheada em ouro 18k e que seja efetivamente de qualidade.

O lado bom é que você não terá aquela dificuldade em se desfazer da peça quando ela não servir mais. Mas, em contrapartida, também se perde a possibilidade de guardar uma joia de recordação.

Onde comprar joias infantis

Hoje em dia é possível encontrar centenas de opções na internet, incluindo joias infantis de altíssima qualidade.

O e-commerce, inclusive, tem crescido muito nos últimos anos e muitas pessoas compram somente pela internet. Os motivos são variados, mas os principais são:

  • Muitas opções

Com apenas alguns cliques você consegue ver dezenas de modelos. Em lojas físicas é necessário passar de loja em loja e isso pode ser um tanto quanto cansativo.

  • Conforto

Nada melhor do que comprar sem precisar sair de casa, não é mesmo? Comprando pela internet você não precisa sair do seu sofá, o que é muito mais cômodo e confortável.

  • Valores

Os valores disponibilizados na internet também são mais em conta. Parte pela questão da concorrência muito acirrada e parte porque o processo de vendas online acaba sendo realmente mais barato.

Esse custo acaba sendo repassado para o consumidor, que adquire o mesmo produto de uma loja física, mas por menos.

O lado negativo de tudo isso é que você não tem a opção de olhar a joia de perto antes de comprar e, além disso, ainda há a questão de demorar alguns dias para chegar.

Enfim, essas foram algumas dicas e considerações para você escolher as suas joias infantis. Lembre-se de tomar cuidado com o formato das peças para não causar nenhum acidente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.