Anel de Formatura

Anel de Formatura: Tudo Que Você Precisa Saber Sobre Eles

Anel de Formatura: Depois de anos de faculdade com noites em claro, livros, provas, trabalhos, estágios, perrengues chegou o dia da conquista do seu diploma. E claro, não há nada como celebrar junto a sua família e amigos o resultado de todo seu esforço e do início de uma nova e talvez mais importante etapa na sua vida profissional.

O anel de formatura, portanto, é um modo de simbolizar o compromisso com a profissão que você escolheu e se orgulhar pela sua garra para se tornar o profissional que você deseja ser. E seja um presente dos seus pais, parceiro, amigos, família ou um presente dado a você mesmo, certamente o anel de formatura lhe trará boas lembranças sobre sua jornada profissional com o passar dos anos.

O que significa o anel de formatura?

Agora que você se formou, nada como uma joia linda e preciosa para representar algo que todos almejamos antes, durante e após a faculdade: o reconhecimento profissional. Dessa forma mostramos à sociedade o nosso compromisso com a profissão escolhida e carregamos junto a nós o orgulho sobre quem nos tornamos dentro de nossa carreira.

Anel de formatura é uma joia usada tanto por mulheres quanto por homens, e mais que um adorno, é um símbolo. É um componente essencial da produção feminina nos bailes de formatura se adequando bem ao vestido, maquiagem e sapatos que são pensados para esse tão sonhado dia.

O anel de formatura feminino é diferente dos masculinos em alguns aspectos. Os anéis de ambos os sexos costumam ser ricos em detalhes, porém o anel feminino costumam ser mais vistosos em relação aos anéis masculinos, que não levam tanto brilho, e não costumam chamar tanta atenção.

Geralmente os familiares presenteiam o formando com o anel de formatura para simbolizar o fim de um ciclo e o início de uma carreira, mas isso está longe de ser uma regra, muitas pessoas compram seu próprio anel de formatura como forma de dar um presente a si mesmo e se recompensar após anos de esforço.

É uma tradição antiga, e no Brasil, o anel de formatura segue sendo muito usado tanto por homens quanto por mulheres, especialmente aqueles que fizeram graduação em cursos mais tradicionais.

Mas com o avanço da educação superior, hoje já não é difícil encontrar joias de qualquer curso que seja. Até porque nossas paixões não cabem em meras tradições e costumes, e nosso amor pelo ofício exercido merece ser celebrado.

De onde veio o anel de formatura?

Anéis de modo geral sempre simbolizam grandes eventos, poder ou marcas. Não à toa, reis, rainhas, e nobres de diversas esferas utilizavam anéis para representar quem eram, sua nobreza e importância.

Além disso, anéis são confiados para pessoas para celebrar ritos de passagem como noivados ou casamentos. Sobretudo, não poderia ser diferente ao se tratar da parte mais importante (ou no mínimo, uma das mais marcantes) da formação profissional de uma pessoa.

No entanto, a tradição dos anéis de formatura não é tão antiga quanto a representação do matrimônio, dos reis, ou sequer das próprias universidades. Ainda que não se saiba exatamente onde e quando esse costume surgiu, o mais provável é que não tenha surgido em uma universidade, mas sim numa academia militar.

Simbologia do anel de formatura nos EUA

Os registros mais antigos citam que em 1835 uma turma da West Point, uma academia de formação militar muito tradicional nos Estados Unidos, tenha criado essa tradição. Mas diferente do simbolismo que tem hoje os anéis de formatura, os alunos queriam fazer uma joia que mostrasse união no rito daquela passagem pela escola, mostrando superação e força em sua jornada.

Então, ano após ano as turmas continuaram a usar seus anéis de formatura, se tornando logo uma tradição dentro da escola. Outras instituições aderiram ao uso dessa joia rapidamente, até que levado por estudantes estrangeiros que estavam dentro dos Estados Unidos, a ideia se espalhou por vários países até se tornar o símbolo das formaturas que é hoje.

No princípio, os anéis de formatura carregavam um símbolo próprio, um emblema da área de estudos, parecidos com um anel-sinete, mas logo o design dessas joias mudou e cada escola ou pessoa, encomendava os seus próprios anéis da forma que desejasse.

No entanto, ser presenteado com um anel de formatura se tornou uma premiação que as famílias concediam aos formandos, algo para representar a honraria que é um curso superior dentro da família. Algo a ser ostentado não só pelo mais novo formando, mas também pelos pais, representando o esforço mútuo entre estudantes e familiares.

Do que são feitos os anéis de formatura?

Atualmente os cursos mais tradicionais adotaram estilos próprios para seus anéis de formatura. É exemplo das graduações em medicina, direito e odontologia por exemplo usarem pedras que são designadas aos seus cursos.

Ainda assim, a educação não para e o crescimento dos cursos superiores também não. Portanto, o uso dos anéis de formatura não reduziu, apesar de ainda ter o uso mais comum em alguns cursos em relação a outros.

Geralmente são usadas pedras preciosas e semipreciosas para representar cursos mais tradicionais. Joias belíssimas podem ser produzidas a partir dessas pedras. A seguir, confira mais sobre essas pedras e quais cursos ou áreas de estudos elas costumam representar.

Esmeralda

Esmeraldas são pedras cujo significado se relaciona à cura e à proteção. Não é a toa que representa boa parte dos cursos de saúde. A cor verde se relaciona bastante à natureza e representa a forma mais pura de cuidado.

A esmeralda já foi usada para fins terapêuticos. Antigamente se usava ela, como um tratamento para doenças da visão, em especial da visão cansada. Há outras crenças que associam essa gema à proteção e cura de doenças cardiovasculares.

Quer você acredite nisso ou não, a esmeralda é uma pedra de beleza inestimável e está tradicionalmente relacionada a cursos como Medicina, Enfermagem, Fisioterapia e Medicina Veterinária.

Contudo, além desses cursos outros menos tradicionais da área da saúde ainda usam a esmeralda como símbolo. São exemplos deles Estética e Cosmetologia, Educação Física, Biomedicina, Nutrição, Zootecnia e Saúde Ocupacional.

Existem muitas outras graduações e formações em que ainda podem ser usadas esmeraldas e as joias são fabricadas com os símbolos e emblemas de cada uma delas. Os detalhes, no entanto, variam do gosto e da criatividade de cada um.

Rubi

A rubi é uma pedra que representa fortemente as habilidades comunicativas, vitalidade, liderança e persuasão. Sua cor avermelhada denota o sentimento de paixão, de força, de coragem e de proteção.

Uma das gemas mais clássicas em relação à produção de joias. Mas também é verdade que os rubis puros são muito raros e muito caros. Isso leva a grande parte das joias que levam rubi a usarem uma pedra sintética.

Portanto, em relação ao seu significado, o rubi é pedra usada em anéis de formatura dos cursos de Direito e de Jornalismo, além de marcarem a formação de Bombeiros e oficiais de Justiça.

Ametista

Ametista é uma pedra que a coloração varia de um lilás a um roxo intenso. Ela é conhecida por representar dentro do clero da Igreja Católica um símbolo de devoção e simplicidade.

Além disso, as ametistas são pedras que indicam sabedoria e se relacionam com a filosofia, clareza mental e espiritualidade. Justamente por isso são as gemas usadas nos cursos relacionados à humanidades e ciências sociais.

No entanto, os cursos que usam a ametista simbolicamente em seus anéis de formatura são Biblioteconomia, Ciências Sociais, Gastronomia, Letras, História, Geografia, Sociologia e Teologia.

Por existirem outros vários cursos inclusos dentro dessa área de estudo, vários outros cursos podem aderir ao uso da ametista como seu símbolo profissional. É o caso de cursos como Economia Doméstica, Pedagogia e Hotelaria, por exemplo.

Água-marinha

A gema Água Marinha recebe esse nome pela sua coloração que lembra a água do mar. É do mesmo grupo de minerais a qual pertence a esmeralda e devido a sua cor, as joias produzidas com ela são de uma beleza sublime.

Essa pedra é bastante encontrada em território brasileiro e junto ao nome e à cor, carrega a fama de ser um amuleto de proteção aos marinheiros em alto-mar. É uma gema ligada ao emocional e à força da intuição.

Os cursos que usam a água-marinha como símbolo são Economia, Biologia, Oceanografia e até mesmo cursos de formação da Marinha.

Citrino

O citrino é uma pedra para um grupo bem seleto de profissões. Apenas os cursos de Farmácia e Radiologia o utilizam como símbolo.

É uma pedra na cor amarela alaranjada que representa sorte, sucesso, sabedoria e inteligência para quem o carrega. Além disso, sua cor denota a saúde, a naturalidade, a limpeza, e a juventude.

Granada

Granada é uma linda pedra vermelha denota a paixão, a força e, por sua vez, nos relembra o elemento fogo. É a pedra usada para representar a Odontologia. Na realidade, a pedra foi definida como a oficial deste curso durante um evento na cidade de Granada, na Espanha.

Seu nome é atribuído devido à semelhança com caroços de romã, que em sua tradução para o inglês chama-se pomegranate.

Safira

A Safira indica inteligência, sapiência e criatividade. A cor azul, conhecida por acalmar a mente, já foi usada como um talismã para ajudar na tomada de decisões.

É uma pedra ligada às ciências exatas, mas em alguns casos, se mescla com cursos de ciências humanas.

Os cursos de psicologia, administração e engenharia são os mais conhecidos que utilizam a safira como símbolo. Apesar disso, existem outros diversos como Geologia, Ciências Naturais, Física, Comunicação Social e Ciências Políticas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *